Quer saber como fazer nebulização em bebê? Veja nossas dicas!

como fazer nebulização em bebê
6 minutos para ler

A nebulização em bebês é um procedimento indicado quando ele apresenta chiado no peito, tosse, congestionamento nasal e dificuldades respiratórias. O procedimento pode ser feito em casa ou em um lugar especializado, como postos de saúde ou hospitais.

Neste texto, listamos para você algumas das melhores práticas de como fazer nebulização em bebê, além de como utilizar corretamente os aerossóis e soro fisiológico, a depender do tratamento indicado.

Quando devo utilizar a nebulização em bebês?

A nebulização em bebês deve ser feita quanto eles apresentarem sintomas como tosse, chiado no peito ou gripe. Por serem pequenos, é importante sempre conversar com o pediatra antes de tomar qualquer atitude.

Apenas ele poderá indicar qual o melhor tratamento para o problema do seu bebê e se as nebulizações realmente ajudarão ou resolverão o problema. Além disso, ele poderá receitar medicamentos que potencializam o resultado.

Quais as melhores práticas de nebulização em bebê?

A seguir, vamos mostrar algumas das melhores práticas para fazer nebulização em bebês e crianças, e, assim, conseguir realizar o tratamento de uma maneira bem mais tranquila.

Utilize aerossóis ou soro fisiológico

Para que o uso do nebulizador tenha o efeito esperado, você pode utilizar soro fisiológico para auxiliar na desobstrução nasal do bebê. Ele pode ser usado mesmo sem prescrição médica, mas é preciso ter cautela ao utilizá-lo.

É interessante pedir o apoio de um médico antes de começar a fazer inalações com soro fisiológico em bebês, como uma maneira de orientar a sua utilização — por exemplo, o modo correto de fazer e a quantidade de vezes que pode ser utilizada no dia.

Já o aerossol são as partículas finíssimas de gás expelidas pelos nebulizadores em sua utilização. Assim, os medicamentos são diluídos até ficarem dessa forma, e conseguem passar pelo nariz tranquilamente.

No caso das medicações, é importante realmente procurar o auxílio do pediatra, já que ele pode indicar o remédio correto, passar a receita e mostrar a quantidade e periodicidade da realização da nebulização.

Faça a nebulização no chuveiro

Caso você tenha uma criança um pouco maior em casa e que tem dificuldades para utilizar o aparelho nebulizador, pode acostumá-lo com a ideia fazendo esse procedimento com o chuveiro.

Ele funciona da seguinte maneira: ligue o chuveiro no modo quente/inverno e feche a porta do banheiro para que o vapor se acumule dentro do cômodo. Depois, desligue o chuveiro e incentive a criança a inalar o vapor.

Com isso, ela se acostuma com a ideia da inalação e de que ela não sentirá dor ou incômodo. Assim, ela aceitará mais fácil a utilização dos aparelhos e o uso dos medicamentos necessários.

Entretanto, não é recomendado fazer isso com frequência, já que os gastos com água e energia são altos, além de demorar um certo período para que todo o banheiro acumule vapor.

Escolha um bom nebulizador

Além de utilizar técnicas para fazer o bebê se acostumar com o nebulizador para crianças, também é importante encontrar um modelo que facilite essa adaptação, para que ela seja mais rápida.

Alguns modelos são mais silenciosos, o que deixará a criança mais calma e menos assustada com o aparelho. Também existem aqueles que são mais fáceis de serem limpos e/ou transportados, fazendo com que o trabalho dos pais de utilizar o aparelho seja facilitado.

Outro ponto que deve ser levado em conta é a flexibilidade da máscara. Um modelo muito duro poderá machucar o bebê ou fazer com que ele se irrite a usando, o que tornará a nebulização mais difícil.

Alguns modelos ainda contam com mangueiras, o que é ótimo para permitir uma maior flexibilização do processo. A criança poderá fazer em um lugar confortável ou até mesmo deitada.

Tenha uma boa relação com seus filhos

Você sabia que ter uma boa relação com os seus filhos pode ajudar na hora de dar medicamentos? Ao dar carinho e atenção, e mostrar para os seus pequenos que eles podem confiar em você, eles não terão medo do que oferecer para eles.

Eles terão confiança de que você não os machucará de alguma forma, ou que a medicação é necessária para que eles fiquem bem de novo. Além disso, você também pode oferecer alguma recompensa pelo bom comportamento.

Essa é uma dica que precisa ser trabalhada em longo prazo, afinal, não é da noite para o dia que se consegue confiança em alguém, até mesmo com crianças. Por isso, comece aos poucos e verá uma melhora na sua relação.

Uma maneira de fazer com que seu filho crie confiança em você é mostrar interesse em suas atividades. Com isso, é possível ficar mais próximo dele, fazendo com que a criança veja você como um amigo.

Faça com que a criança tenha familiaridade com o inalador

É importante que a criança seja apresentada e familiarizada com o inalador. É bastante assustador ela se encontrar à primeira vista com um aparelho completamente diferente e que deve ser colocado no seu rosto por um período.

Por isso, mostre para ela como é o aparelho antes de utilizá-lo. Ligue por alguns momentos para que ela se acostume com o som e não tenha medo. Ao mesmo tempo, converse com ela e mostre que é algo seguro e que não vai machucá-la.

É importante que a nebulização seja um processo natural para a criança, principalmente se ela precisa utilizá-la por um período prolongado. A utilização do aparelho não pode ser estressante para ela, já que isso pode atrapalhar o tratamento.

Esse pode ser um processo um pouco demorado, mas é bastante efetivo e deixará as sessões bem mais rápidas e tranquilas, acabando com os momentos de choro e birra da criança ou bebê.

Como escolher o melhor nebulizador?

Para escolher o melhor produto é preciso atentar a alguns aspectos, como a existência de uma mangueira que flexibilize a utilização do equipamento e tenha uma máscara confortável.

Além disso, é importante que ele seja silencioso e tenha um preço que corresponde com a qualidade do aparelho. Procurar por feedback das empresas que produzem os nebulizadores ajudará a conhecer os melhores do mercado.

Assim, colocando em prática essas dicas de como fazer nebulização em bebê, você conseguirá fazer esse procedimento de maneira mais fácil e rápida, garantindo a recuperação do seu filho.

E que tal começar a seguir uma delas agora mesmo e adquirir um nebulizador de qualidade? Entre em contato conosco e confira os nossos produtos!

Você também pode gostar

Deixe um comentário