Aprenda como limpar e conservar o inalador em casa

como limpar o inalador
6 minutos para ler

O uso de um nebulizador ajuda a reduzir o desconforto de doenças respiratórias e é parte essencial de alguns tratamentos, como no caso do controle da asma. No entanto, ao utilizar o equipamento, alguns cuidados são essenciais. Você sabe como limpar o inalador?

Essa é uma precaução fundamental, já que, após o uso, o aparelho pode ficar contaminado com as bactérias presentes na boca e no nariz da pessoa que o utilizou. Assim, com a limpeza adequada, você evita o risco de novas infecções e mantém o inalador em boas condições de uso. 

Aliás, esse cuidado é ainda mais importante quando mais de uma pessoa na residência precisa realizar a nebulização. Continue a leitura para entender como fazer a desinfecção do inalador e garantir a saúde de toda a sua família!

Para que serve a inalação?

Enfermidades respiratórias, como asma, rinite e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) representam um grande problema de saúde, em todo o mundo. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 500 milhões de pessoas que são afetadas pelo problema residem em países em desenvolvimento, sendo que a maior parte das vítimas são crianças e idosos.

A rinite alérgica, por exemplo, afeta entre 20% e 25% de toda a população mundial. No Brasil, nada menos do que 29,6% dos adolescentes e 25,7% das crianças em idade escolar sofrem com o problema. 

Já a asma afeta 150 milhões de pessoas no mundo, sendo que o Brasil ocupa a 8ª posição no ranking de nações com maior incidência da doença. Além disso, algo entre 5% a 10% dos brasileiros são portadores da doença pulmonar obstrutiva crônica. 

Os dados são preocupantes e indicam a necessidade de tratamento e adoção de medidas de controle por parte das pessoas afetadas. Assim, além de consultar um médico especializado e seguir as recomendações para minimizar as consequências e o agravamento das doenças, é fundamental também adotar outros cuidados.

Em casa, além de controlar a exposição a agentes que potencialmente podem desencadear uma crise (como poeira, fungos, pólen, fumaça de cigarro e outros alérgenos), a inalação assume um papel fundamental. Afinal, ela contribui para a fluidificação de secreções, facilitando a expectoração, o que evita o surgimento de problemas crônicos.

Essas medidas são ainda mais relevantes quando se trata de crianças pequenas, adultos com a saúde debilitada ou crises recorrentes em idosos. A limpeza das vias aéreas, ao lado das medidas de higiene para manter o ambiente sem os agentes causadores de crises, contribui para afastar a doença e aumentar a qualidade de vida das pessoas afetadas. 

Como limpar o inalador?

Essa é uma dúvida recorrente de muitos usuários do aparelho. Afinal, depois de utilizá-lo, é possível simplesmente armazenar na caixa ou embalagem até o próximo uso? E nos casos em que mais de uma pessoa da família precisa usar o inalador, como quando duas crianças alérgicas sofrem com os efeitos da rinite, o que fazer?

Aliás, quem tem filho sabe disso: normalmente, quando um adoece, o outro irmão acaba também apresentando os mesmos sintomas. Afinal, as crianças ainda estão desenvolvendo o seu sistema imunológico e, quando ficam expostas a um vírus ou bactéria, tendem a contrair a infecção ou virose mais rapidamente. Além disso, existe uma predisposição genética para algumas enfermidades, como a asma.

Assim, se mais de uma pessoa que reside no mesmo ambiente precisar de nebulização, será que é possível usar o mesmo inalador? Como fazer a higiene adequada do equipamento após o uso, evitando o risco de infecção? Confira as nossas dicas para evitar contaminações!

Saiba como limpar

Após o uso do aparelho, higienize as suas mãos e desencaixe todas as peças. Lave-as com sabão neutro e água corrente e depois deixe que sequem sobre um pano limpo ou papel-toalha.

Faça a desinfecção do aparelho

Além da limpeza com água e sabão, a desinfecção também é importante, especialmente quando a pessoa que utilizou o equipamento está com uma doença causada por vírus ou bactéria, como a sinusite. Nesse caso, depois de higienizar o aparelho com água e sabão, enxágue novamente com água fervida (espere até ficar morna). 

Outra alternativa é deixar a máscara e o copo do nebulizador em uma solução contendo 1 litro de água filtrada e 2 colheres de sopa de água sanitária. Pode ser utilizada também uma solução germicida, como hipoclorito de sódio 0,5 a 1%.

Após o procedimento, deixe o equipamento secar sobre uma superfície limpa.

Guarde o equipamento limpo em local seco

Depois da limpeza, o inalador deve estar completamente seco antes de ser guardado na caixa ou embalagem original. Para isso, ligue o aparelho sem o copo, permitindo que o ar comprimido passe pela mangueira e elimine toda a umidade. O filtro de ar também deve ser trocado segundo orientações do fabricante.

Nunca guarde o inalador em um local úmido, como um armário de banheiro, exposto ao vapor do chuveiro. Esse ambiente pode levar à formação de fungos e, mesmo que o equipamento esteja limpo, seu uso será prejudicial. 

Por que ter um inalador em casa?

Muitas vezes, durante a crise, o doente precisa procurar um serviço de emergência apenas para fazer a inalação. Além do desconforto, muitas vezes o atendimento é demorado e o paciente acaba ficando em um local exposto a outros vírus e bactérias, em função da presença de pessoas com outras enfermidades. 

Por essa razão, pessoas alérgicas ou que convivem com doenças crônicas precisam ter um equipamento para nebulização em casa, que normalmente é utilizado apenas com soro fisiológico. Mesmo quando existe uma doença que necessite de uso de medicamentos, prescritos pelo médico, o inalador residencial é fundamental — afinal, muitas vezes o tratamento demanda várias sessões de inalação diárias.

Assim, quem convive com uma doença respiratória crônica ou tem crianças e idosos na família, precisa investir em um bom aparelho de inalação. Um nebulizador em casa proporciona maior conforto e adesão ao tratamento, além de tranquilidade à família.

Como explicamos, sabendo como limpar o inalador corretamente, não há riscos quanto ao seu uso. Pelo contrário, contar com o aparelho em casa evita a necessidade de procurar pronto-socorro ou postos de saúde apenas para fazer a inalação e ajuda no controle dos sintomas da doença.

Agora que você já entendeu a importância de ter um bom aparelho de inalação em casa, assine nossa newsletter para não perder os novos conteúdos!

Você também pode gostar

Deixe um comentário