fbpx

Será que as máscaras de proteção respiratória podem prevenir as crises de asma?

máscara de proteção respiratória
7 minutos para ler

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas que afeta a vida de 6,4 milhões de brasileiros com mais de 18 anos, reduzindo drasticamente a qualidade de vida. Nesse sentido, é importante conhecer alguns meios de prevenção, como a utilização da máscara de proteção respiratória, que podem contribuir para evitar a ação de substâncias alérgenas no organismo.

As principais causas do desenvolvimento da asma estão relacionadas às alergias respiratórias, provocadas pela constante exposição a partículas suspensas, que além de ácaros, podem incluir metais pesados e outros elementos altamente prejudiciais à saúde. A melhor forma para reduzir esse contato e evitar as doenças respiratórias é utilizando um EPI (Equipamento de Proteção Individual).

Neste post vamos explicar o conceito de máscaras de proteção respiratória, seus diversos tipos e funções, como esse equipamento pode ajudar na prevenção de ataques de asma e os cuidados para utilizá-lo. Continue a leitura para saber mais!

O que é máscara de proteção respiratória?

A máscara de proteção respiratória é um EPI que tem a função de filtrar impurezas do ar que podem ser prejudiciais à saúde. Para cada tipo de poluente, há um modelo apropriado para impor barreiras à exposição de determinados resíduos.

Elas podem ser encontradas em modelos simples ou mais elaborados, dependendo da necessidade e do ambiente em que será utilizada. Em geral, as máscaras são classificadas de acordo com as suas funções, como purificadoras ou fornecedoras de ar, podendo ser:

  • máscara descartável de boca — é um dos modelos mais simples e pode ser utilizada para proteção contra poeira, pelos, ácaros, pólen, entre outros;
  • máscara semifacial descartável — cobre a boca e o nariz (precisa ficar bem ajustada) e protege contra resíduos de baixa concentração;
  • máscara semifacial reutilizável — protege contra vapores e gases e possui filtro químico que pode ser trocado sempre que apresentar dificuldade de uso. Deve ser descartada quando o seu uso não é mais possível;
  • máscara facial inteira — protege a boca, o nariz e os olhos contra resíduos de alta concentração e possui filtro de purificação descartável;
  • máscara fornecedora de ar — utilizada com cilindros de ar comprimido que o direcionam para o sistema respiratório. São indicadas para locais onde há baixa concentração de oxigênio.

As máscaras podem ajudar a prevenir crises de asma?

As máscaras de proteção respiratória têm um papel essencial e eficiente na prevenção de doenças como asma, rinite, entre outras. Embora sejam dispositivos simples, elas proporcionam uma perfeita cobertura da boca e nariz, sem comprometer a respiração.

Funcionam como um purificador de ar, especificamente projetado para as pessoas que necessitam de proteção em ambientes poluídos em viagens, passeios, caminhadas e outras atividades que configuram uma grande exposição a agentes que podem desencadear doenças respiratórias.

A eficiência da filtragem de substâncias alérgenas

Os modelos que atuam na proteção por meio do sistema de filtragem HEPA conseguem filtrar partículas como poeira, pelos e pólen. Já os que contam com o sistema de carvão ativado de carbono filtram resíduos químicos emitidos por escapamentos, poluição industrial e fortes odores.

As máscaras mais avançadas já contam com a combinação dessas duas filtragens que impedem a passagem de partículas alérgenas, bactérias e substâncias químicas presentes em diversos ambientes. Além disso, é possível encontrar modelos que protegem contra a poeira, confeccionados em tecidos confortáveis e naturais como a seda.

Como utilizar as máscaras?

O uso incorreto da máscara ou a ausência do equipamento pode desencadear, ao longo do tempo, doenças e complicações dos problemas já existentes. Por isso, é sempre importante conversar com o médico e, no ambiente de trabalho, seguir as orientações obtidas em treinamentos de segurança.

Em geral, para utilizar a máscara é importante observar alguns dos principais aspectos que podem impactar na eficiência da proteção, como:

  • ajustar ao rosto, evitando vazamentos;
  • ficar atento à irritação da pele e dos olhos;
  • fazer o descarte e a substituição de maneira adequada, de acordo com as instruções do fabricante.

Além disso, para que a máscara e seu sistema de proteção sejam adequados e garantam uma eficiente proteção respiratória, é fundamental observar alguns fatores do produto e de sua utilização, como filtro, vedação e tempo de uso, conforme comentaremos a seguir.

Filtro

A qualidade do filtro é a principal garantia para uma proteção respiratória eficiente. Nesse sentido, é essencial escolher a filtragem apropriada para cada situação, como em cuidados com a casa, passeios ao ar livre, ambientes de trabalho, entre outros. Para os casos de máscaras reutilizáveis, é preciso fazer manutenção, lavando o respirador em água corrente, de preferência com detergente neutro.

Vedação

Quando o respirador não se ajusta bem à face, é sinal de que ele não proporcionará uma perfeita vedação. Esse fator é de suma importância para a proteção correta do usuário, pois os contaminantes entrarão pelos espaços deixados entre a pele e o equipamento.

Tempo de uso

Após selecionar a máscara de acordo com o ambiente, ela deverá ser utilizada pelo tempo que você permanecer em locais que apresentam o mesmo tipo de poluente ou tragam riscos à saúde.

Quando as máscaras devem ser usadas?

As máscaras de proteção respiratória devem ser utilizadas sempre que a pessoa se colocar em situações de risco, seja praticando esportes, viajando ou trabalhando. No entanto, é preciso sempre observar a adequação do equipamento ao tipo de alérgeno existente no ambiente.

Além dessa proteção, também é importante que o paciente asmático busque uma complementação para a prevenção da doença e complicações que podem advir da falta de tratamento e cuidados essenciais. Nesse sentido, podem ser utilizados outros recursos, como inaladores e nebulizadores, que são equipamentos eficazes para ajudar no tratamento e alívio de crises de asma.

A utilização de nebulizadores e inaladores facilita a administração de medicamentos necessários para o controle da doença. Além disso, esses equipamentos promovem a hidratação das vias aéreas, garantindo uma melhor qualidade de vida aos usuários.

Como vimos, a máscara de proteção respiratória pode ajudar a prevenir o desenvolvimento e as complicações da asma. Para tanto, é importante utilizar o modelo e a filtragem adequada para cada tipo de ambiente. Além disso, é indicado utilizar outros recursos como os inaladores e nebulizadores, como os que a Omron oferece, para prevenir crises e respirar melhor.

Agora que você já sabe que as máscaras de proteção respiratória podem ajudar a prevenir crises de asma, visite o nosso site e conheça os inaladores e nebulizadores que auxiliam nesse sentido, com eficiência e tecnologia de ponta!

Você também pode gostar

Deixe um comentário