Guia rápido sobre o turismo na terceira idade: principais cuidados para ter segurança

turismo na terceira idade
7 minutos para ler

Viajar sempre foi considerada uma das melhores maneiras de aproveitar a vida da melhor maneira possível. Seja algo em família, sozinho, até mesmo a trabalho pode ser um excelente momento. E é partindo dessa ideia que o turismo na terceira idade vem conquistando cada vez mais espaço no mercado desse setor.

Uma recente pesquisa realizada pela plataforma global Booking.com constatou que 77% dos idosos viajantes acreditam que viajar é a maneira correta de aproveitar a vida. Essa informação não é uma surpresa. As pessoas dessa faixa etária estão mais ativas e abandonando a ideia de que a aposentadoria significa uma rotina menos intensa.

Tal movimentação é de extrema importância para a promoção de uma boa qualidade de vida, pois momentos de prazer estão altamente ligados à longevidade da terceira idade. Além do bem-estar, as viagens promovem também maior envolvimento social, que é fundamental da mesma forma.

Mas, afinal, quais são os cuidados que devemos tomar sobre o turismo na terceira idade? Apesar de termos idosos muito mais ativos e saudáveis que em décadas passadas, isso não exclui alguns cuidados que eles necessitam ter. Então, aproveite a leitura deste artigo, pois nele explicaremos em um guia rápido o que você precisa saber sobre o assunto!

Importância do turismo na terceira idade

É verdade que os momentos de viagens podem render excelentes histórias, alegrias e união entre pessoas e, por esse motivo, não pode ser considerada apenas como algo de lazer para idosos. Mas não podemos negar que o estímulo dessas situações para a terceira idade é algo altamente recomendável.

A oportunidade de vivenciar experiências — até então não vividas — promovem a saúde dessas pessoas não somente física, como também a mental. Socializar e conhecer novas culturas ajudam nessa faixa etária que, muitas vezes, pode se encontrar sozinha.

Esse tipo de problema, infelizmente, é a realidade de muitos idosos que, em decorrência da aposentadoria, reduzem seu convívio social após a finalização do trabalho, diminuindo sua vida ativa até o ponto de chegar na depressão. Com as viagens, esse tipo de problema é eliminado, pois além da socialização, diferentes momentos e experiências nunca vividas podem vir a surgir.

Com isso, o mercado de viagens vem crescendo para essa faixa etária. Segundo ABAV Nacional, 15% dos pacotes turísticos vendidos são para pessoas com idade a partir de 65 anos. Isso significa que mais e mais idosos brasileiros estão promovendo o seu bem-estar por meio dessa prática.

Entretanto, assim como qualquer pessoa, é necessário ter alguns cuidados e, querendo ou não, a terceira idade necessita mesmo de mais cuidado e atenção. Por esse motivo, é fundamental ter alguns pontos de preocupação para garantir que a viagem seja saudável e ainda promova os benefícios esperados.

Principais cuidados para a viagem ser feita com segurança

Sair da sua rotina, conhecer uma nova cultura, um novo lugar, com diferentes temperaturas, pode ser algo incrível, mas não exclui a necessidade do cuidado. Infelizmente, quando deixamos isso de lado, podemos correr o risco de ter uma experiência negativa em vez de positiva.

A terceira idade, por exemplo, precisa se preocupar com a forma de locomoção, alimentação mais saudável, temperatura, entre outros pequenos questionamentos que devem ser feitos. Conheça alguns dos principais e por que eles são tão importantes.

Pedir referências de agências e excursões

Nada melhor que ir a um lugar novo sabendo o que está por vir, certo? Como já adiantamos, o mercado de viagens está sabendo dessa grande tendência que é o turismo na terceira idade e, por isso, sabe quais são os possíveis locais mais indicados para esse tipo de viagem.

Ao conhecer uma agência de turismo, questione quais são os melhores lugares, o que eles oferecem para tornar esse momento incrível e, claro, se existem alguns riscos de fazer a visita nesse lugar.

Ter um kit farmácia à disposição

Emergências podem ocorrer e isso não é algo tão difícil de acontecer. Assim, para isso, é fundamental estar preparado. O kit farmácia está aí para esses tipos de situações, com os principais medicamentos e outros itens de emergência, como esparadrapos, pomadas, tesouras, entre outros.

Estar atento à saúde

Alguns destinos podem exigir um pouco mais de atenção, por exemplo, será necessário fazer trilhas? A temperatura é alta ou baixa? Qual tipo de roupa é necessário ser levado? Como é a culinária local? Tendo esses tipos de questionamentos em mente, conseguimos nos preparar para questões como artroses, hipertensão, diabetes, entre outros pontos.

Dicas para viajar com segurança

Além dos cuidados levantados acima, algumas dicas podem ser seguidas para tornar esse momento especial melhor ainda. É fundamental ter atenção nessas questões, afinal, ninguém quer sair de casa e ter uma experiência que coloque a nossa saúde em risco, certo?

Prefira fazer viagens em grupos

O momento de realizar viagens pode ser também para estreitar relacionamentos, como familiares e amizades. Por esse motivo, além de ser mais seguro, é recomendável não sair mundo afora sozinho, afinal, estamos indo para lugares desconhecidos. 

Viagens em grupos podem ser divertidas e criar experiências que não seriam vividas nos lugares onde moramos. E caso seja algo em família, pode também ser uma excelente hora para estar mais próximo de irmãos, netos e filhos, por exemplo.

Faça um check-up antes de viajar

Como já adiantamos, é preciso estar atento à sua saúde e por que não fazer isso antes mesmo de colocar os pés para fora de casa? Procure seus médicos, faça os exames necessários já sabendo qual é o local que está por vir e peça o máximo de recomendações possíveis.

Além disso, é importante também ter em mãos instruções para possíveis situações. Por exemplo, se acontecer uma situação emergencial e que tipo de médico pode ser procurado, quando deve ser feito e se é, até mesmo, necessário voltar para casa.

Saiba como escolher o destino ideal

Alguns lugares já são famosos com o turismo na terceira idade. Entre eles está Caldas Novas, no interior de Goiás, com piscinas naturais em águas quentes, o que pode ser excelente para a promoção da saúde. Nessa cidade também há resorts incríveis e muita cultura goiana. O mesmo vale para Poços de Caldas, em Minas Gerais, com suas águas termais.

Como vemos, o turismo na terceira idade é muito importante, pois ele promove o bem-estar, garante a qualidade de vida nesse momento, afasta problemas como depressão, pressão alta e ansiedade, além novas histórias e muita socialização. Se você não fez isso quando era mais novo, está na hora de aproveitar a famosa “melhor idade da vida”.

E aí, o que você está achando da ideia de curtir uma boa viagem? Deixe nos comentários qual local acha que pode ser uma experiência incrível!

Você também pode gostar

Deixe um comentário